Vereadores instalam comissão para investigar prefeito de Seropédica

Seropedica-03

Foto: Reprodução/Facebook

No município de Seropédica, os eleitos para representar os moradores não conseguem cumprir a tarefa porque o prefeito Anabal de Souza, não se permite fiscalizar. Não presta contas à Câmara de Vereadores e quando envia alguma informação o faz de forma genérica, dificultando o controle. Mas não é só isso: espremido entre Japeri e Itaguaí, o município tem o que se chama por lá, de um ‘governo de família’, com o prefeito dividindo o poder com mulher e filhos, segundo alguns vereadores locais revelam, embora só a primeira-dama Sonia Oliveira de Souza esteja nomeada.

LEIA ESSA MATÉRIA COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA SEXTA (03) OU NA VERSÃO ONLINE EXCLUSIVA PARA ASSINANTES.

Deixe um Comentário