Vereador de Mesquita chama de ‘palhaçada’ sessão na Câmara

birita
Foto: Reprodução/Whatsapp/montagem hora H

Presidente da Câmara Municipal, Marcelo Santos Rosa, o Marcelo Biriba (PRB), provocou polêmica durante sessão extraordinária, na manhã da última terça-feira, convocada pelo prefeito Jorge Miranda para votação do Projeto Criança Feliz, de autoria do Executivo.
Durante discurso, Biriba teria usado o termo “palhaçada” em referência à sessão realizada no último dia 21, também convocada pelo prefeito, para apreciação da matéria pela Casa. Na ocasião, os parlamentares não compareceram.
De acordo com a reportagem do jornal Conecta Baixada, o primeiro secretário da Câmara, Roberto Emídio (SD), protestou contra as palavras de Biriba e explicou
sobre ter assumido a presidência da assembleia no dia 21 de dezembro. “Aqui não
é circo, como já foi falado lá atrás. Vereador não vai à tribuna fazer palhaçada, vereador
vai à tribuna expor seu sentimento. Segui o regimento interno, que na ausência do presidente e do vice, o primeiro secretário assume a presidência, onde foi convocada
essa extraordinária pelo nosso prefeito, no dia 18”, disse.
O projeto tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida na primeira infância, promovendo o desenvolvimento integral nesse período, considerando sua família e seu contexto de vida, por isso o programa atende as crianças desde a gestação das mães até os 6 anos de idade.
A vereadora Cris Gêmeas (PCdoB) também manifestou indignação com a fala de Biriba.
Pediu cautela e respeito com os parlamentares: “Todos nós aqui temos comprometimento. Agora, dizer que o que realizamos aqui é uma palhaçada, isso é uma falta de respeito muito grande. Não só com os parlamentares, mas com o público que nos assiste, principalmente com a população da cidade de Mesquita”.

Deixe um Comentário