Unindo forças:  Cônsul da França visita o Bangu e propõe intercâmbio através do futebol de base

03 Esporte Bangu 01102018

Jota Carvalho
jota.carvalho@yahoo.com

Na tarde da última segunda-feira (1), o Bangu recebeu, a visita do cônsul francês Nadir Bosch. Com o objetivo de estreitar projetos de seu país junto ao clube, principalmente no campo social, ele foi recebido por Jorge Varela (foto), presidente do Conselho Diretor, conheceu as instalações do Estádio de Moça Bonita e assistiu ao treinamento da equipe sub-20 do Alvirrubro, que se prepara para a disputa do Torneio Octávio Pinto Guimarães. Ele comentou sobre os motivos da ida à Zona Oeste. “Eu venho aqui porque o Bangu é um clube de tradição e está realizando um trabalho sério. Isso chama a atenção em diversos aspectos, principalmente por pessoas comprometidas, focadas e organizadas. Esses foram os motivos que fizeram com que eu viesse aqui, para prestigiar e ver em que posso acrescentar. Podemos, sim, fazer um intercâmbio com a França, um país que admira muito o Brasil por seu futebol. Devemos entrar um pouco mais do futebol raiz, pois é aqui que nascem os grandes jogadores. O clube está situado entre diversas comunidades, berço de ótimos atletas. Temos que ter um compromisso com o social também”, diz.
Apaixonado por futebol, Nadir Bosch foi por muitos anos corredor e participou, inclusive, dos Jogos Olímpicos de 1996. Cônsul da França em Curitiba, Paraná, reiterou que pretende colaborar com o Bangu a partir de agora, mostrando muita confiança num projeto de integração entre o Brasil e seu país de origem.
“Hoje é o pontapé inicial de um belo projeto que pretendemos realizar. Quando estamos num cargo, como no consulado, o mais importante é saber onde podemos ajudar. Estamos numa posição que podemos proporcionar algumas coisas. Esperamos que isso possa acontecer aqui”, encerra Nadir.

 

Deixe um Comentário