Turista inglesa é baleada ao entrar por engano em comunidade

turista
Foto: Divulgação Facebook

Família teria se perdido devido há uma falha de comunicação

Uma turista inglesa foi baleada na tarde do último domingo, após o carro em que ela estava com a família entrou por engano na comunidade Água Santa, em Angra dos Reis, Litoral Sul do Rio de Janeiro.
Eloise Dixon, de 46 anos, estava no banco do carona e foi atingida por dois tiros. O marido da vítima era quem conduzia o veículo, que ainda estava com os três filhos do casal no banco de trás. De acordo com a polícia, o marido de Eloise parou na estrada para pedir informações sobre onde comprar água para as crianças. Como os turistas não dominavam a língua portuguesa, a polícia acredita que a falha na comunicação possa ter sido determinante para que o carro da família entrasse por engano na comunidade: ” Eles pararam o carro e pediram informação sobre onde poderiam comprar água. Ou a família entendeu que era na Água Santa que eles poderiam comprar ou o interlocutor entendeu que era para essa comunidade que eles gostariam de ir e os direcionou”,
disse o delegado titular da 166ª DP (Angra dos Reis), Bruno Gilaberte. Já dentro da comunidade, os turistas teriam recebido uma ordem de traficantes para deixar o local imediatamente, mas novamente por falha de entendimento no português, fez com que não entendessem o ultimato, seguindo enfrente por dentro da favela. Os bandidos então efetuaram diversos disparos, atingindo o veículo na porta, nos pneus e até no encosto da cabeça de onde a mulher estava sentada, e dois dos tiros acertaram Eloise.

Leia essa matéria completa na edição impressa dessa terça-feira (8)

Deixe um Comentário