TRF-2 manda prender Picciani, Paulo Melo e Albertassi

Presos-17
Crédito: Reprodução

 

Os desembargadores federais do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) decidiram agora há pouco que os deputados estaduais pelo PMDB Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, sejam presos preventivamente.
Logo que forem expedidos os mandados de prisão, os políticos devem ser imediamente presos, conforme decidiram por unanimidade. Em seguida, a Assembleia Legislativa (Alerj) irá analisar, quando for notificada (o que deve ocorrer em até 24 horas), se os deputados permanecerão presos.
Abel Gomes, magistrado relator do caso, foi o primeiro a votar pela prisão e foi acompanhado pelos desembargadores Paulo Espírito Santo, Messod Azulay Neto, Marcelo Granado e Ivan Athié, todos da 1ª Seção Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2). Uma desembargadora faltou.

 

LEIA ESSA MATÉRIA COMPLETA NA EDIÇÃO DE SEXTA-FEIRA (17) OU NA VERSÃO ONLINE EXCLUSIVA PARA ASSINANTES.

Deixe um Comentário