Traficantes da Rocinha atacam policiais de UPP a tiros

rocinha

Policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio, foram atacados a tiros na manhã desta quinta-feira. Ninguém ficou ferido.

Os agentes faziam um patrulhamento pela Rua 2, por volta das 8h, quando, de acordo com a assessoria de imprensa das UPPs, “foram recebidos a tiros por criminosos armados”.

Na tarde desta quarta-feira, um adolescente de 16 anos, chamado Marcos Paulo, foi morto, durante uma operação na Rocinha. Na ocasião, o comando da UPP, policiais estavam fazendo uma patrulha quando se depararam com criminosos armados.

No confronto, um dos criminosos teria ficado ferido, e foi levado ao Hospital Miguel Couto, na Gávea, na Zona Sul. O hospital confirmou a morte do jovem. O comando da UPP informou ainda que foi apreendida uma mochila com drogas e dinheiro.

O presidente da Associação de Moradores da Rocinha, contudo, tem uma versão diferente para o que aconteceu. Wallace Pereira afirma que moradores ouviram tiros e, quando chegaram ao local, se depararam com Marcos já morto.

— Ouvimos alguns tiros, e quando formos ver tinha um menino morto no beco — disse.

O caso foi registrado na Divisão de Homicídios (DH).

Deixe um Comentário