Técnica de campeões olímpicos visita CT Carlão Silva de Vôlei de Praia em Nova Iguaçu

Carlão do Vôlei-02

Letícia Pessoa visitou o Centro de Treinamento Carlão Silva de Vôlei de Praia, no Centro de Nova Iguaçu, como observadora de talentos do esporte/Divulgação

Treinadora de campeões olímpicos, Letícia Pessoa monitora potencial de atletas do projeto do Centro de Treinamento Carlão Silva de Vôlei de Praia,em Nova Iguaçu

Letícia Pessoa é descobridora de craques das areias do vôlei de praia. no sentido mais literal da palavra. Treinadora de diversos ícones do esporte, ela acumula no currículo três medalhas de prata em Olimpíadas: Sydney-2000 e Atenas-2004 (Adriana Behar e Shelda) e Londres-2012 (Alison e Emanuel).
No último dia 12, a técnica multicampeã o Centro de Treinamento Carlão Silva de Vôlei de Praia, no Centro de Nova Iguaçu, projeto comandado pelo ex-jogador da modalidade Carlão Silva. Na bagagem, Letícia levou aos alunos atendidos pelo projeto os quase 30 anos de experiência como treinadora. O objetivo da vistia foi conhecer o potencial dos adolescentes e monitorá-los para apontar a estrada para futuros craques das areias de praia.
“Quero descobrir gente que tenha a paixão que eu tenho e que futuramente possa se tornar um jogador, um técnico ou preparador físico do esporte que escolhi para minha vida. Enalteço o trabalho do Carlão, porque nem sempre é possível fazer do esporte um trabalho social. Esse projeto é uma forma de olhar o mundo de uma forma mais saudável e mais parceira”, destacou, diante de um grupo atento de pequenos atletas reunidos no CT.

Revela campões e palestras em escolas
Carlão, por sua vez, destacou a visita de Letícia como um estímulo para os alunos do projeto, que buscam defender o esporte nas areias, transformando-se em grandes atletas. “Pra gente foi um orgulho recebê-la para essa pré-seletiva. Tenho certeza que minha turma entendeu o recado da treinadora, que monitora o potencial de cada jogador o CT.
Fundado em 2002, o CT Carlão Silva de Vôlei de Praia atende crianças e adolescentes e já revelou nomes como Drussyla, atleta do SESC/RJ, e Pedrão, campeão sul-americano. Além de treinar futuros atletas, Carlão Silva ministra palestras em escolas. O objetivo, segundo ele, é despertar nos jovens a mentalidade de vencedor, transformando vidas através da inclusão social.

A dupla Alison e Emanuel, campeões nas Olimpíadas de Londres em 2012, foram treinados por Letícia/Divulgação

Treinadora tem fome de conquistar vitórias
Três vezes finalista de uma edição dos Jogos Olímpicos, a carioca Letícia é conhecida por alimentar a fome por vitórias nas areias do vôlei de praia. Em entrevista ao site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), a treinadora revela que começou a jogar vôlei pello Flamengo aos oito anos de idade, e aos 14 anos, fui convocada para uma seleção brasileira de base. “Mas acabei torcendo o pé um dia antes da viagem. O Inaldo Manta era meu técnico no clube, e auxiliar na seleção. Um dia ele me perguntou ‘qual era meu sonho?’, e eu respondi que era ser campeã olímpica. Ele disse que teria uma notícia boa e uma ruim. A ruim era que eu não seria campeã olímpica como jogadora, por ter uma estatura baixa. E a boa era que eu tinha uma habilidade para líder e uma visão muito grande, que poderia ser uma boa treinadora. E desse momento em diante eu passei a ajudá-lo nos treinamentos, como assistente”, disse.

 

Reportagem: Antonio Carlos 

Deixe um Comentário