SESI e Petrobras lançam projeto social para crianças e adolescentes de Duque de Caxias

firjan
Foto: Reprodução/Internet

A partir do mês de abril, crianças e adolescentes das comunidades do entorno da Refinaria de Duque de Caxias vão contar com novas opções de atividades para o contra turno escolar. O Projeto Centro de Esporte e Educação – Duque de Caxias é um convênio entre o SESI e a Petrobras e é voltado para jovens de 6 a 14 anos.
As atividades serão realizadas em dois locais da região: Paróquia São Francisco de Assis e Escola Municipal de Campos Elíseos. Os alunos vão poder participar na parte da manhã (7h30 às 11h30) ou da tarde (13h30 às 17h30) de segunda a quinta-feira, durante os 24 meses de realização do projeto.
Diversas oficinas de trabalho vão estar disponíveis gratuitamente: musicalização, teatro, jogos, atividades lúdicas, esportivas e socioeducativas, reforço em português e matemática e educação ambiental. Cada participante pode escolher em quais deseja se inscrever.
Podem participar jovens das comunidades do entorno da REDUC, como Bom Retiro, Campos Elíseos, Nosso Bar, Saraiva, Parque Marilândia e Vila Serafim, que devem estar matriculados em escolas públicas.
Os objetivos do Projeto são contribuir para a melhoria no desempenho escolar de crianças e adolescentes por meio de ações pedagógicas; favorecer o contato com a arte e a cultura, visando desenvolver outras capacidades para a formação cidadã; proporcionar o acesso ao esporte, utilizando-o como ferramenta educacional para a melhoria da qualidade de vida e, dessa forma, ajudar os jovens e suas famílias no enfrentamento das diversas demandas sociais.
As inscrições podem ser feitas nos locais de realização das atividades ao longo de toda a execução do Projeto, mas as vagas são limitadas: Escola Municipal Campos Elíseos
(Av. Tupinambá de Castro, 31 – Vila Actur) ou Paróquia São Francisco de Assis
(Pça. Carmen Rodrigues Pinto, lote 5 – quadra 2).
Para realizar a inscrição é necessário levar documento de identidade oficial com foto do responsável; documento da criança (pode ser certidão de nascimento); comprovante de residência; declaração escolar da criança; boletim de desempenho escolar da criança; uma foto 3×4 da criança; comprovante de situação de vulnerabilidade socioeconômica do responsável (contracheque, inscrição no Cadastro Único ou recibo do Bolsa Família).

Deixe um Comentário