Queimados promove ação especial para as mulheres

mulher (3)
Foto: Divulgação

Um dia apenas no calendário não é suficiente para homenagear as mulheres. Pensando nisso, a Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria de Direitos Humanos e Promoção de Cidadania, realizou nesta sexta-feira (16) uma ação em homenagem à mulher, com direito a atendimentos em saúde e assistência social. Além disso, o evento recordou a luta de ativistas dos Direitos Humanos e das Mulheres, a vereadora Marielle Franco e a queimadense Tia Dalva, que faleceram na última semana.
Em parceria com as Secretarias Municipais de Saúde e Assistência Social, a ação ofereceu encaminhamento para preventivos dentro da rede de saúde, distribuição de preservativos e até mesmo aferição de pressão arterial e de glicose. Além disso, o Conselho dos Direitos das Mulheres (CEAM) também esteve presente, se apresentando e orientando o público sobre violência doméstica e direitos da mulher.
O secretário da Pasta, Professor Carlos Albino, compareceu e frisou a importância de enaltecer todas as mulheres não só em março, mas em todas as situações. “Nós sabemos que a violência contra as mulheres é real, tanto física quanto psicológica. E hoje estamos aqui oferecendo serviços gratuitos a elas e convidando a todas que passam a vir conferir”, afirmou.
Outra autoridade presente no evento foi a vereadora Eloíza Helena. Como mulher e defensora de direitos, a parlamentar afirmou as dificuldades de ser mulher na sociedade atual. “Hoje estamos sangrando. Marielle Franco, uma mulher forte e que não estava no seu cargo por acaso, foi morta. Tia Dalva, nossa ativista da cidade, faleceu. Ser mulher é muito difícil, mas isso parece nos mostrar que não podemos parar de lutar, temos que continuar o legado. Não vamos brigar, vamos no unir”.

A moradora do bairro Campo da Banha, Regina Maria da Silva, de 41 anos, não deixou de aproveitar a oportunidade. “Solicitei um encaminhamento para preventivo. Ter esse tipo de ação aqui no Centro é uma boa opção tanto para ganhar tempo quanto para economizar, já que o mesmo serviço em unidades particulares sai mais caro”, concluiu.

Deixe um Comentário