Prisão de Trabach causa apreensão na Baixada

Empresário preso-09
Foto: Reprodução Elizeu Pires

O empresário foi preso durante a Operação Caça-Fantasma.

A prisão do empresario Fernando Trabach Gomes, ocorrida na manhã de ontem, durante a Operação Caça-Fantasma, está provocando preocupação a setores do poder público em cidades da Baixada Fluminense onde ele teria interesses na terceirização de serviços com coleta de lixo, limpeza e conservação em unidades de saúde e escolas, atuando de forma indireta.
Segundo o site do jornalista Elizeu Pires, só em Campos, na gestão da prefeita Rosinha Garotinho, uma empresa controlada pelo grupo criminoso fez contratos no total de R$ 40 milhões para aluguel de ambulâncias. Trabach, que já operou na Prefeitura de Duque de Caxias, teria interesses também em Nova Iguaçu, mas não aparece nenhum contrato firmado pela administração municipal local com empresas que tenham ele ou membros do grupo identificado pelo Ministério Público como sócios. O MP, entretanto investiga 21 sociedades empresariais irregulares que seriam ligadas ao esquema montado para disputar licitações em várias cidades do estado do Rio de Janeiro.

 

Leia essa matéria completa na edição impressa de quarta feira (9)…

Deixe um Comentário