Policial militar morre após ser baleado em comunidade na Baixada Fluminense

O policial militar Olivar Teixeira dos Santos, de 42 anos, morreu após ser baleado durante patrulhamento na comunidade Vai Quem Quer, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na tarde de ontem.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Polícia Militar, o agente, lotado no 15º BPM (Caxias), ficou gravemente ferido e foi encaminhado para o Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna. Ao dar entrada na unidade de saúde, com diversas marcas de tiro e vasos sanguíneos lesionados, a vítima foi sumetida a uma cirurgia, mas não resistiu.

Há relatos de que, durante o confronto naquela comunidade, três suspeitos também foram baleados e não sobreviveram. Dois deles, socorridos no mesmo hospital para onde o sargento da PM foi levado, morreram no local: Hugo Richarde da Silva Correia e Antônio Rozemberg de Castro.

Ao menos 84 policiais, contando com Santos, já foram mortos no Estado do Rio somente em 2017, mais do que os 77 registrados em todo o ano passado.

Deixe um Comentário