Policial mata os ex-sogros e se suicida, em Niterói

19260746_1963276513884458_2289187838022012664_n

Um policial civil matou os ex-sogros e se matou em seguida, na manhã desta quinta-feira, no bairro Fonseca, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Segundo testemunhas, Marcelo Flávio Camardella Bravo, de 41 anos, entrou na casa e atirou primeiro contra o ex-sogro. A ex-sogra do policial tentou fugir e ele atirou contra ela também.

Ainda de acordo com testemunhas, o investigador tentou fugir com a filha de 5 anos, mas foi impedido pela chegada da ex-mulher. O policial, então, a agrediu com uma coronhada na cabeça e fez novos disparos contra a sogra, que ainda estava viva. A ex-mulher correu com a filha para o banheiro, mas o policial foi atrás e se matou na frente das duas com um tiro na cabeça.

O crime ocorreu num imóvel da Rua Airosa Galvão, por volta de 10h30. Logo depois, a ex-mulher do investigador e a filha deles saíram da casa. Marcelo e a ex-mulher se separaram há oito meses e ela se mudou para a casa dos pais. Ele não aceitava o fim do relacionamento.

Deixe um Comentário