Policiais prendem suspeito de chefiar tráfico e participar de ataque à UPP Cidade de Deus

trakinas.jpeg

Policiais do 18ºBPM (Jacarepaguá) prenderam, por volta das 23h desta segunda-feira, o traficante Everson Nelson Duarte Martins, de 32 anos, conhecido como Trakinas, que, segundo a polícia, é gerente do tráfico na comunidade localidade conhecida como Apartamentos, na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio.

Segundo policiais do 18ºBPM, Everson Martins é um dos responsáveis pelo do ataque contra a base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no dia 7 de outubro de 2017, que resultou na morte do soldado André de Jesus Silva, de 36 anos, lotado naquela unidade. No mesmo ataque um outro policial também foi baleado.

Os policiais acreditam que Everson tenha saído da comunidade por causa das contantes operações que estão sendo realizadas. Nesta terça-feira, policiais realizaram nova operação na Cidade de Deus. Por causa da ação, 648 alunos ficamam sem aulas. Houve tiroteio e uma escola, uma creche e um Espaço de Desenvolvimento Infantil suspenderam o funcionamento.

Everson Martins foi preso na autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, quando foi parado em uma blitz. Segundo a polícia, ele estavam em carro com outros quatro homens. Todos estavam desarmados. Além de Everson Martins, outros três tinham mandados de prisão e foram levados para a 32ªDP (Taquara).

O tiroteio no qual o soldado da UPP foi morto, ocorreu na localidade onde Edson é suspeito de gerenciar o tráfico de drogas. Baleado, André chegou a ser socorrido e levado para o Hospital municipal Lourenço Jorge, na Barra, mas não resistiu aos ferimentos. André de Jesus era de Volta Redonda, na Região Sul do estado, e estava há estava na Polícia Militar há dois anos. O policial deixou mulher e filho.

Deixe um Comentário