Polícia prende sete torcedores suspeitos de ameaçarem juíza

operacao-corintianos-2-jpeg

operacao-corintianos-2-jpeg

Com apoio da Polícia Civil de São Paulo, agentes da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) prenderam, na manhã desta terça-feira, sete torcedores do Corinthians suspeitos de terem ameaçado a juíza Marcela Assad Karam, no fim do mês passado. Todos são integrantes da torcida Gaviões da Fiel.

As investigações da especializada apontam que a magistrada e seu marido começaram a receber mensagens de cunho ofensivo e ameaçadoras pelo Facebook, após a decretação da prisão de 31 envolvidos numa confusão que terminou em pancadaria no Maracanã, no último dia 23.

Titular da delegacaia, Daniela Terra afirmou que “tal conduta é inadmissível em um Estado democrático de Direito. As ameaças proferidas contra a juíza e sua família com o objetivo de intimida-la na prática de seu ofício, são um afronto ao Poder Judiciário”.

Além dos mandados de prisão, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, inclusive na sede da torcida organizada Gaviões da Fiel.

Os presos na ação foram Anderson Vinicius Bonano dos Santos, Felipe Santos Mendonça, Márcio dos Santos Marabrisa, Rodrigo Fabiano da Silva, Paula Cordeiro Guimarães, Victor Henrique de Freitas Moraes e Thomas Alves Mendonça. Todos serão indiciados por associação criminosa e coação no curso do processo.

Deixe um Comentário