Polícia prende ex-presidente do Barcelona

sandro-rossell

A polícia espanhola prendeu nesta terça-feira o ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell. Na Operação ‘Jules Rimet’, fruto da investigações sobre o ex-cartola por lavagem de dinheiro, o centro da investigação seria um contrato de Rosell com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Segundo o jornal ‘El País’, buscas também ocorrem no Brasil com alvo no ex-dirigente da CBF Ricardo Teixeira.

Os agentes realizam buscas e apreensões em endereços de Barcelona e outras duas cidades do entorno catalão, Lleida e Girona. Indiciado nos Estados Unidos, Rosell é investigado por lavagem de dinheiro. A Justiça já bloqueou cerca de 10 milhões de euros em contas, além de cerca de 50 imóveis, avaliados em mais de 25 milhões de euros.

Os investigadores apuram o envolvimento do ex-cartola com a Nike a CBF. Eles checam também o suposto desvio de US$ 15 milhões para contas secretas de Ricardo Teixeira enquanto ele ainda comandava a entidade brasileira de futebol. Teixeira também já foi indiciado pelas autoridades americanas e seria alvo nesta terça-feira por irregularidades na cobrança de direitos de imagem.

A operação resulta das investigações da Unidade de Delinquência Econômica e Fiscal da Polícia Nacional, com colaboração do FBI, a polícia federal dos Estados Unidos. As autoridades americanas descobriram os primeiros indícios de movimentações de contas na Espanha e acionaram os agentes espanhóis no que seria o começo da descoberta de uma rede criada por Rosell para ocultar dinheiro.

Deixe um Comentário