Polícia agarra 10 homens acusados de integrarem grupo de milicianos na Baixada

dhbf

Os homens atuavam nos municípios de Duque de Caxias, Belford Roxo e São João de Meriti, na Baixada Fluminense

Uma operação comandada pela Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) buscaram suspeitos envolvidos com crimes de extorsão, tráfico de armas e munições, corrupção ativa e passiva, agiotagem, além de diversos homicídios praticados por uma milícia atuante nos municípios de Duque de Caxias, Belford Roxo e São João de Meriti., na Baixada Fluminense.

Batizada de Fake Fireman, a ação levou a apreensão de quatro revólveres, nove pistolas, quatro espingardas, trinta e cinco carregadores de munições, réplicas e diversas munições de diferentes calibres, incluindo fuzis, e além das armas, seis veículos e três motocicletas com indícios de adulteração, supostamente utilizados para a pratica de crimes foram apreendidos pelos agentes.

Além da DHBF, a operação teve a participação de outras especializadas, que levou a prisão dos dez suspeitos.

Deixe um Comentário