PM que trabalhava como motorista de Uber é baleado

15027788_553119471553480_7097635314713136590_n

15027788_553119471553480_7097635314713136590_n

O soldado da Polícia Militar Paulo Cosme Bonaço Fernandes, de 34 anos, levou um tiro de raspão no braço após entrar na comunidade Vila Aliança, em Bangu, quando trabalhava como motorista de Uber, por volta das 16h desta sexta-feira. Lotado no 5º BPM (Praça da Harmonia), o PM foi levado para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, e está fora de perigo.

Segundo o comandante do 14º BPM (Bangu), tenente-coronel Amaral, o soldado entrou na comunidade para levar os passageiros em casa e, quando deixava o local, encontrou criminosos armados. Ele acabou batendo o seu Nissan Sentra branco num poste e fugiu.

Os agentes continuam à procura dos criminosos que atiraram no PM. O revólver do soldado foi recuperado pelos policiais.

 

Deixe um Comentário