Pm é morto com um tiro na cabeça na UPP da Mangueira

policial
Foto: Reprodução Whatsapp

Bruno Santos Leonardo, de 29 anos, estava na corporação há seis anos, era casado e deixa uma filha e um enteado.

Um policial foi morto com umn tiro na cabeça e outro ficou ferido com uma bala na perna, durante um ataque de criminosos à Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Mangueira, Zona Norte do Rio, na manhã de ontem.
De acordo com informações do comando da UPP da Mangueira, o crime aconteceu por volta das 8:00h da manhã enquanto os policiais faziam a troca de serviço na Base Avançada do Telégrafo. Os dois policiais foram socorridos e levados para o Hospital Quinta D’Or, na Tijuca, também na Zona Norte. O cabo Bruno Santos de Azevedo, de 29 anos, que foi alvejado na cabeça não resistiu e morreu no hospital. Ele estava na corporação há seis anos, era casado e deixa uma filha e um enteado. Já o soldado Stelmann, primo da atriz Nívea Stelmann, passou por exames e foi submetido a uma cirurgia na perna, ainda na tarde de ontem.

Leia essa matéria completa na edição desta terça(18)…

Deixe um Comentário