Operação é deflagrada para prender aliado de Cabral

Sem título

Agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal realizam, na manhã desta quinta-feira, uma operação para cumprir um mandado de prisão preventiva contra Ary Ferreira da Costa Filho e oito mandados de busca e apreensão na Operação Mascate, que é mais um desdobramento da Operação Calicute, ação vinculada à Lava Jato no Rio de Janeiro.

Ele é um dos principais operadores financeiros da quadrilha ligada ao ex-governador Sérgio Cabral. Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal. A prisão foi pedida com base na delação do empresário Adriano Reis, que diz ter repassado R$ 10,8 milhões ao operador de Sérgio Cabral.

Reprodução/ TV Globo

Leia a matéria completa na edição impressa de 03 de fevereiro de 2017.

Deixe um Comentário