Petista investigado: ‘Lindinho’ teria recebido propina da OAS, diz PGR ao Supremo

Lindinho-18

Foto: Divulgação

A procuradora-geral da República (PGR), Raquel Dodge, enviou uma manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) na qual afirma haver indícios de que o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) favoreceu a construtora OAS numa medida provisória (MP) editada no governo Dilma Rousseff.

LEIA ESSA MATÉRIA COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUARTA (18) OU NA VERSÃO ONLINE EXCLUSIVA PARA ASSINANTES.

Deixe um Comentário