Novos ouvidores mirins são eleitos em Belford Roxo

belford 17
Foto: Zaira Lisboa/PMBR/Divulgação 

A Escola Municipal Miguel Ângelo Leone, no bairro Xavantes, em Belford Roxo, já tem o seu ouvidor mirim.  É Max Luiz, do 9º ano, que ganhou a eleição com 55 votos e disputou a eleição com 20 candidatos. Em segundo lugar ficou Maxline Silva, também do 9º ano, com 27 votos e em terceiro, Vitória Rayane, do 6º ano do ensino fundamental, com 15 votos. Ao todo, 200 alunos participaram do processo eleitoral.

Já na E.M. Ernesto Pinheiro Barcelos, o cargo de ouvidor mirim ficou com Gabriel Almeida, do 6º ano, com 50 votos. O estudante ganhou a disputa acirrada da sua colega Brenda Sheron, do 7º ano, que obteve 48 votos de preferência. A aluna Eduarda Rodrigues, do 9º ano, que ficou em terceiro lugar na disputa, com 17 votos.  Eles concorreram com 23 candidatos. Nesta escola, cerca de 250 alunos participaram da eleição. No próximo dia 20, o processo eleitoral vai acontecer na Escola Municipal Belford Roxo.

Os estudantes serão o porta-vozes da comunidade e terão a responsabilidade de receber e repassar as demandas para a Ouvidoria Geral da Prefeitura, que levará aos órgãos competentes. Os ouvidores mirins vão apresentar também os resultados à comunidade. Lançado há cerca de um mês pela Ouvidoria Geral da Prefeitura, o projeto da Ouvidoria Mirim envolve inicialmente alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental. Para participar é necessário que os estudantes tenham frequência mínima de 70% nas aulas. Depois de eleitos, com seus devidos suplentes, os ouvidores mirins tomarão posse, ganharão um certificado e crachá de identificação.

De acordo com o Ouvidor Geral, Igo Menezes, o projeto tem o objetivo de conscientizar e introduzir a participação das crianças e adolescentes na vida de suas comunidades, formando cidadãos mais bem preparados e comprometidos com o futuro de Belford Roxo. “É gratificante perceber que essa vontade já existia e que só precisava ser estimulada. Ao falar sobre o projeto nas escolas, fomos recebidos com entusiasmo e interesse, tanto da parte dos eleitores, quanto dos candidatos. Isso nos dá a esperança de um futuro melhor para os jovens, que, mais conscientes, se tornam cidadãos melhores para a sociedade”, enfatizou Igo Menezes.

Deixe um Comentário