Novo Plano Diretor para Queimados

Q-04

O prefeito Carlos Vilela reuniu todo o secretariado para traçar de forma conjunta as metas e objetivos a serem alcançados nos próximos 10 anos/Divulgação/PMQ

O município de Queimados deu mais um importante passo para a elaboração do novo Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável. Ontem, o prefeito Carlos Vilela reuniu todo o secretariado para traçar de forma conjunta as metas e objetivos a serem alcançados nos próximos 10 anos. O encontro aconteceu no Centro de Artes e Esportes Unificados Planeta Futuro, localizado no bairro São Roque e apresentou o diagnóstico elaborado pelos técnicos da prefeitura relativo ao plano anterior vigente.
Sob a coordenação técnica do Arquiteto e Urbanista André Bianche, atual Subsecretário de Urbanismo do Município, o novo plano diretor deve ser finalizado em até dois meses e consiste no planejamento territorial e diretrizes para a implantação de novos equipamentos públicos, bem como a definição das estratégias e políticas públicas em todas as áreas de atuação da administração municipal. De acordo com o Estatuto da Cidade (Lei federal 10.257), a elaboração do plano é obrigatória para os municípios acima de 20 mil habitantes e deve ser revisto a cada 10 anos.

Diagnóstico preciso
Em Queimados, os trabalhos foram divididos em três etapas: Na primeira, já realizada, foi elaborado um diagnóstico preciso da atual situação do município, através de reuniões técnicas e pesquisas realizadas pelo corpo técnico da prefeitura. Já a segunda etapa, em andamento, serão realizadas assembleias com membros do governo e da sociedade civil para apresentação e validação do diagnóstico elaborado e recebimento, por escrito, das demandas da população.
Além do encontro com os técnicos do executivo municipal e com a Câmara de Vereadores, realizado nesta quinta, também serão feitos fóruns populares, uma vez que o plano vai abranger várias frentes da sociedade civil, entre elas: associações de moradores, movimento étnicos, entidades religiosas, sindicatos, Organizações Não Governamentais (ONGs), entre outras. A previsão de conclusão é para dois meses.

Crescimento ordenado                                                                                                              Para o prefeito Carlos Vilela, o Plano Diretor é importante para nortear o crescimento ordenado do município. “O crescimento sustentável, em qualquer cidade do mundo, só se consegue a partir de um planejamento muito bem feito. Em Queimados, não será diferente”, declarou.
Já o subsecretário de Urbanismo, André Bianche, que integrou a equipe técnica que elaborou a primeira edição do plano, mostra-se otimista e confiante na participação ativa da população queimadense. “Se aliada à pesquisa técnica já feita pela nossa equipe tivermos a participação maciça da sociedade como um todo, conseguiremos chegar verdadeiramente a um planejamento que traga mais dignidade e equidade ao queimadense”, frisou.
Além dos fóruns populares, a população também pode contribuir dando sugestões pela internet, por meio da página do facebook (https://www.facebook.com/Plano-Diretor-de-Queimados-RJ-894780217355533) ou pelo e-mail (semur@queimados.rj.gov.br). Outras informações pelo telefone: (21) 2665-7601.

Deixe um Comentário