Na Semana do Consumidor, Procon Nilópolis ajuda motorista a reaver seu automóvel

procon2
Foto: Divulgação

Na semana em que se comemora o Dia Mundial do Consumidor, 15 de março, o Procon Municipal, órgão ligado à Secretaria Municipal de Cidadania e Direitos Humanos, ajudou um motorista a reaver seu automóvel.
De acordo com Superintendente do PROCON, Dr. Luís Fabiano, o órgão recebeu reclamação de consumidor que deixou o veículo em oficina para reparo elétrico. Dias depois ao retornar para buscar seu automóvel, foi informado de que o mesmo sofreu princípio de incêndio, danificando parcialmente alguns componentes. O proprietário da oficina se comprometeu a resolver e o problema se estendeu por mais de três meses.
Durante esse prazo, o consumidor buscou a oficina por várias vezes e sempre encontrava o veículo estacionado na rua, do mesmo modo. Insatisfeito, solicitou a indenização pelos danos surgidos do conserto não realizado e a retirada do bem e isso foi negado pela administração da oficina.
Esse fato levou o consumidor a procurar ajuda do PROCON, que em contato telefônico com a administração da oficina obteve prazo de 07 dias para solução do problema. “Ultrapassados 10 dias, o consumidor retornou ao PROCON e avisou que nada havia sido feito. Criamos uma força tarefa com apoio da Coordenadoria de Ordem Pública, que com todo empenho acompanhou a diligência. Durante o ato, o proprietário do estabelecimento foi notificado para audiência e o veículo foi apreendido pelo PROCON e imediatamente entregue ao consumidor que levou para outra oficina, onde serão apurados os danos indenizáveis”, explicou Dr. Luís Fabiano.
Ainda de acordo com o Dr. Luís Fabiano, sua equipe tem o consumidor como patrimônio sagrado. “Toda vez que um consumidor for desrespeitado haverá postura enérgica do órgão, sempre nos limites legais. No caso em questão, foi surpreendente o descaso da empresa com o consumidor. O veículo foi encontrado na rua, fora da oficina, com danos posteriores ao apresentado para manutenção, ou seja, parcialmente incendiado; sem bateria; completamente sujo com ares de abandono. Apesar do contato prévio, de maneira amigável com a administração da oficina, nada foi feito. Reter o veículo além de crime é prática abusiva contra o consumidor e neste caso a tolerância é zero”, concluiu o superintendente.
O PROCON Municipal de Nilópolis funciona na Rua Pedro Álvares Cabral, 305/Térreo, Centro, na sede da Prefeitura Municipal. E atende de segunda a sexta, das 9h às 17h. Para dar entrada em uma reclamação, basta comparecer ao atendimento munido de documentação que comprove o dano provocado.

Deixe um Comentário