Músico é assassinado com uma chave de fenda

aedryc7q0fufn5vy5zmlvauy1

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH-Capital) investiga a morte de Felipe Coutinho de Souza, de 32 anos. Ele foi assassinado após uma briga de trânsito no Viaduto da Mangueira, Zona Norte do Rio, no fim da noite de sábado (11).

Felipe era integrante do grupo Zoasamba e filho do cantor Rixxa, dos Timoneiros da Viola e intérprete de sambas-enredo de agremiações carnavalescas.

O crime ocorreu após uma briga com um motorista que conduzia uma Kombi – o homem desferiu um golpe com uma chave de fenda no peito da vítima, que morreu. Felipe, que havia ido à quadra da Mangueira acompanhado da mulher e de um amigo, ainda foi socorrido e levado ao Hospital Souza Aguiar, mas não resistiu aos ferimentos.

A DH realizou uma perícia no local e segue as investigações para identificar o autor do crime.

O corpo do músico será enterrado no Cemitério de Ricardo de Albuquerque, na Zona Norte, às 14h desta segunda-feira.

Deixe um Comentário