Mulher é estrangulada por colega de trabalho dentro de hospital

4z7ywkwphos3jyolnzxa6ijnz

Uma funcionária do Hospital Universitário Antônio Pedro, em Niterói, Região Metropolitana, foi estrangulada por um colega de trabalho até desmaiar nesta terça-feira, chegando a ficar cinco minutos desacordada. Ela foi socorrida na emergência do próprio hospital e o caso foi registrado na Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Niterói.

Ela foi salva por colegas de trabalho depois que uma funcionária ouviu um barulho, entrou na sala e gritou por socorro. “As pessoas tiveram que tirar ele de cima de mim. Me contaram que enquanto eu estava desmaiada, ele arrancou o crachá, tirou a camisa e gritava ‘Eu estrangulei a Maria!'”, disse ela, que acredita que o rapaz sofra de algum tipo de transtorno mental.

De acordo com a vítima, o suspeito de agressão é chamado para trabalhar no hospital de tempos em tempos, cobrindo férias de outros funcionários. Ela fez o exame de corpo de delito e precisou ficar em observação.

Deixe um Comentário