MP e Polícia Civil prendem líderes de milícias na Baixada

fake
Foto: Reprodução

O Ministério Público do Estado do RJ, a Corregedoria da Polícia Militar e a Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam, na manhã de hoje, dois Policiais Militares durante a ação que faz parte da segunda fase da Operação “Fake Fireman”, que visa combater a atuação de milícias na Baixada Fluminense. Os PMs, lotados no 15º e 21º batalhões, em Duque de Caxias e São João de Meriti, respectivamente, foram presos por corrupção passiva. Vinte e quatro pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público.

LEIA ESSA MATÉRIA COMPLETA NA EDIÇÃO DE SEXTA-FEIRA (15) OU NA VERSÃO ONLINE EXCLUSIVA PARA ASSINANTES.

Deixe um Comentário