MP denuncia dentista por morte de grávida

Crime-25
Foto: Reprodução/Facebook

Farmacêutica Nathalie Rios Motta Salles, de 32 anos, estava grávida de três meses

A denúncia do Ministério Público contra o dentista Thiago Medeiros, de 33 anos, foi acolhida pela Justiça. Ele é acusado de ter matado a ex-namorada, a farmacêutica Nathalie Rios Motta Sales, 32, que estava grávida de três meses. O crime foi em junho deste ano. O processo está na 3ª Vara Criminal da Capital.

Além de homicídio duplamente qualificado, o dentista responderá por destruição, subtração ou ocultação de cadáver e aborto provocado por terceiro.

Thiago foi preso no dia 26 de junho, quando a polícia encontrou o corpo da vítima carbonizado dentro de uma pilha de pneus, em Vassouras, no Centro-Sul Fluminense, cidade de origem do suspeito. O caso era investigado pela Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) desde o dia 22, quando a empresária desapareceu.

Leia essa matéria completa na edição impressa de sexta-feira(25) ou  na versão eletrônica exclusiva para assinantes do site Hora H…

Deixe um Comentário