Morre bebê baleado no útero da mãe em Caxias

bebe
Arthur estava internado há cerca de um mês, e faleceu na tarde do último domingo (30)

 

O bebê Arthur Gomes de Melo, estava cerca de um mês internado no hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, após ser baleado no útero da mãe,  Claudineia dos Santos Melo,  morreu no último domingo (30) após apresentar uma piora em seu quadro clínico devido a uma hemorragia digestiva intensa.

Grávida de 39 semanas, Claudineia foi atingida por uma bala perdida na pelve, enquanto ia a um supermercado. De acordo com boletim da Secretaria de Saúde de Duque de Caxias, a bala atravessou o tórax  e também atingiu parte da orelha da criança.

Lúcida, a mãe foi levada ao Hospital Moacyr do Carmo, onde foi feito o parto e os primeiros atendimentos ao bebê, que ainda teve que ser entubado e encaminhado a UTI da unidade e diagnosticada com pneumotórax bilateral.  Depois de novos exames, os médicos ainda identificaram fragmentos ósseos no canal medular dorsal.

Transferido para o Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, autoridades médicas chegaram a dizer que a criança ficaria paraplégica, mas após alguns dias, afirmaram que ele ainda teria chances se recuperar

A 59°DP (Duque de Caxias) está investigando o caso e já colheram o depoimento de dois policiais que disseram que estavam saindo da comunidade quando foram atacados a tiros. Eles ainda revelaram que não revidaram e, quando constataram que a gestante havia sido atingida, a levaram para o hospital.

Claudineia que teve alta no último dia 6, revelou que tinha o desejo de pelo menos tocar o filho, que seguia internado.

Deixe um Comentário