Moradores queimam dois ônibus em protesto

kennedy

kennedy

Moradores da comunidade Vila Kennedy, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, queimaram dois ônibus no início da noite deste sábado. Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas durante operação na comunidade, que possui uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), segundo o comando do 14º Batalhão da PM (Bangu). Ainda segundo o batalhão, os manifestantes queimaram também um caminhão da Ambev. O Batalhão de Choque foi acionado e as duas pistas foram interditadas pela PM.

De acordo com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), policiais fizeram grande apreensão de drogas na localidade conhecida como progresso da favela. Foram apreendidas 687 trouxinhas de maconha e 400 papelotes de cocaína. Após a apreensão, criminosos da localidade Metral atiraram contra policiais da UPP, que revidaram.

O Batalhão de Policiamento de Vias Especiais (BPVE) foi acionado em apoio à UPP Vila Kennedy depois de um ônibus ter sido incendiado  na Avenida Brasil, na pista no sentido centro, próximo à comunidade.

Em nota, a Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) repudiou o incidente, e afirmou que, com os dois veículos queimados, o Rio totaliza 31 veículos queimados apenas em 2016. Segundo a federação, o custo de reposição da frota ultrapassa R$ 10 milhões.

Deixe um Comentário