Moradores protestam contra a morte de jovem

sjhgd
sjhgd
Após a morte dos jovens na comunidade Buraco do Boi, moradores realizaram um protesto contra a ação dos policiais na manhã desta quinta-feira, revoltados com a morte de Wuanderson no Buraco do Boi. Populares armaram barricadas e atearam fogo em pedaços de madeira e móveis velhos interditando a Avenida Henrique Duque Estrada Meyer, no Ambaí. Principal via do bairro.
A PM informou que o comando do 20º BPM não recebeu nenhuma denúncia de abuso por parte dos militares. O caso será encaminhado para a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), que vai apurar o fato.
“Na chegada da polícia houve confronto. Essa comunidade tem um histórico de ataques aos policiais do nosso batalhão, e durante um patrulhamento na semana passada, um tiro de fuzil atingiu a coronha da pistola que estava na cintura de um militar. Por sorte não morreu. Sobre essa denúncia de que policiais forjaram auto de resistência, vamos apurar, mas asseguro que a operação foi normal”, garantiu o sub comandante do 20ºBPM (Mesquita), o tenente coronel Michel Viana.

 

Deixe um Comentário