Mentora do assasinato de dono de academias em Mesquita é condena a 30 anos de prisão

Caso Felipe-21
Foto: Reprodução Facebook

Elen Curi é apontada pelas investigações policiais como a mandante da morte do namorado Felipe Lavina, dono de duas academias em Mesquita.

Elen Cristina Cury foi condenada na noite última terça feira a 30 anos de prisão por encomendar a morte do então namorado Felipe Lavina, dono de duas academias em Mesquita, na Baixada Fluminense. A sentença foi dada pela juíza Anna Christina da Silveira Fernandes da 1ª Vara Criminal de Nova Iguaçu.
De acordo com a juíza, Elen se aliou a bandidos para assaltar a casa de Felipe em de outubro de 2015. Para dissimular o crime, ela foi sequestrada junto com o namorado, que foi morto com dois tiros, enquanto a jovem foi abandonada pelos criminosos. Na ação foram levados R$10 Mil que estavam em um cofre na casa da vítima.

Leia essa matéria completa na edição de sexta feira (21)

Deixe um Comentário