Menor suspeito de matar pastor se entrega a pedido da mãe

pastor

pastor

Um adolescente suspeito de envolvimento na morte do pastor Marco Aurélio Bezerra de Lima, de 48 anos, presta depoimento na manhã desta segunda-feira na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF). Ele se apresentou à polícia a pedido de sua mãe: foi ela mesma quem ligou para a Polícia Militar, pedindo que uma viatura fosse buscar o garoto em casa, em São João de Meriti. O temor da mulher era de que o menor fosse morto.

Marco Aurélio foi assassinado quando fazia a evangelização de traficantes no bairro São Leopoldo, em Belford Roxo, na tarde desta sexta-feira. Há suspeita de que o religioso tenha sido morto ao manusear uma muleta, que teria sido confundida com um fuzil.

O pastor, que tinha três filhos, foi enterrado no domingo no Cemitério Jardim da Saudade, em Mesquita.

 

Deixe um Comentário