Menina morta após perseguição policial é enterrada no RJ

anaclara2

anaclara1

Em clima de emoção de parentes desesperados foi enterrado na tarde desta terça-feira  (9) o corpo de Ana Clara Quintanilha, de apenas 2 anos. A menina morreu na noite de domingo (7) após o carro em que estava com a família ser atingido por outro veículo, cujo motorista tentava fugir da polícia.

Pouco mais de 30 pessoas compareceram ao sepultamento, no cemitério do Murundu, em Realengo, Zona Oeste do Rio. A tia de Ana Clara, Beatriz Venceslau, que também era madrinha da criança, gritava para que a sobrinha levantasse do caixão durante o velório. “Sai daí, Ana! A dinda te ama muito”, dizia.

O homem que provocou o acidente, identificado como Wallace Santos Barreto, acabou baleado na virilha enquanto era perseguido por.policiais militares, morreu logo após ser submetido a cirurgia. Segundo alguns presentes ao velório de Ana Clara, o suspeito estaria cometendo vários assaltos na região e era conhecido por ser usuário de drogas.

Deixe um Comentário