Menina é morta pelo tráfico em Nova Iguaçu

Esquartejada

Um crime estarrecedor, brutal e covarde ocorrido em Nova Iguaçu está sendo investigado pela Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF). Uma adolescente de 14 anos foi assassinada, teve o corpo esquartejado e depois queimado na noirte do último domingo, no bairro Marapicu. A comunidade é controlada por traficantes da facção do Comando Vermelho (CV) que teriam cometido a atrocidade.
Segundo as primeiras informações que ainda estão sendo apuradas pela especializada, Yasmin de Oliveira teria sdo condenada pelo ‘tribunal do tráfico’ depois que os criminosos passaram a desconfiar que a vítima tinha contato com um policial militar, que enviava mensagens para o seu celular.
Ainda de acordo com o que está sendo apurado, Yasmin foi ao baile, que é realizado todos os domingos no Conjunto da Marinha, bairro vizinho onde morava. No local, teria sido abordada por homens armados. Estes, por sua vez, pegaram seu aparelho celular e aguardaram o policial enviar uma mensagem para o aplicativo Whatisapp, o que teria ocorrido instantes depois. A partir desse momento, a menina foi levada e não foi mais vista desde então. A DHBF não divulgou informações sobre o caso.

Família faz apelo nas redes sociais para encontrar o corpo
A morte de Yasmin está causando comoção e revolta nas redes sociais. A mãe da adolescente fez um apelo comovente para encontrar o corpo da vítima. “Venho pedir encarecidamente, só quero o corpo da minha filha pra enterra😭😭😭💔💔💔’ , disse ela (sic).
Outro internauta publicou uma mensagem questionando o andamento das investigações: “A jovem só tinha 14 anos de idade e foi morta dessa forma, quero ver agora quem vai denunciar esses caras . (…) O crime foi ontem a noite e vocês não deixaram nem a família ter o direito de enterrar. Alô delegacias de Nova Iguaçu cadê as investigações? “.

Antonio Carlos

Deixe um Comentário