Lutadora do UFC domina ladrão com mata-leão

Mata-leão-destacada

O ladrão que tentou assaltar a lutadora com uma arma feita de papelão ficou bastante machucado/Reprodução

A lutadora brasileira do UFC, Polyana Viana, de 27 anos, reagiu a um assalto na noite do último sábado em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, e dominou o bandido que tentava roubar o seu celular. Reportagem do site ‘MMAjunkie’ relata que a jovem estava esperando um Uber na porta do condomínio em que mora quando foi abordada pelo ladrão.
“Quando ele viu que eu tinha percebido a presença dele, ele estava bem perto de mim. Ele me perguntou as horas. Eu disse, mas vi que ele não foi embora. Então pus o celular na minha cintura. Aí me me disse: ‘Me passa o celular. Não tente reagir, estou armado’. Ele pôs a mão sobre o parecia ser uma arma, mas percebi que estava maleável. Ele estava bem perto de mim. Foi quando pensei: se é uma arma, ele não terá tempo de sacá-la. E dei dois socos e um chute. Ele caiu e o detive com um mata-leão”, explicou a lutadora.
Enquanto a polícia não chegava, o ladrão foi mantido dominado com uma chave de braço. Já a ‘armaa usada pelo criminoso era feita de papelão.

Orientação é não reagir
Delegado assistente da 32ª DP (Taquara), onde o caso foi registrado, Gustavo Rodrigues explica que a orientação da Polícia Civil para a população é de não reagir a tentativas de assalto.
“Até as pessoas que são preparadas a reagir, como policiais e lutadores, devem medir os riscos à reação. Sobretudo a população comum. Não é a orientação da Polícia Civil que essas pessoas reajam a um assalto, que coloquem sua vida em risco para defender um bem material”, diz.

 

Fonte: O Extra

 

Deixe um Comentário