Jovem morto por bala perdida é enterrado na Zona Norte do Rio

jovem morto
Foto: Domingos Peixoto

Familiares usaram uma camisa com a foto do adolescente e uma faixa com os dizeres: ”Denílson vive. Queremos paz”.

O corpo do jovem Denílson de Souza Moraes, de 16 anos, morto ao ser atingido por uma bala perdida durante uma ação policial na comunidade do Chapadão, na Zona Norte do Rio, foi enterrado na tarde de ontem no cemitério de Ricardo de Albuquerque, também na Zona Norte , sob muita emoção. Cerca de 300 pessoas acompanharam o cortejo. A irmã de Denílson, Priscila Moraes, de 25 anos, passou mal e precisou ser amparada pelos familiares. Durante toda caminhada, a moça pedia para que o irmão acordasse: “Meu irmão. Acorda, acorda.” A outra irmã do jovem, Pâmela Moraes também passou mal, segundo ela a morte do adolescente ‘acabou com a família’: ”Acabaram com a minha família. Eles acabaram com tudo. Levaram o meu irmão”, desabafou.

Familiares e amigos próximos ao jovem, usavam uma camiseta com a foto de Denílson com a frase saudades eternas, eles ainda carregaram uma faixa com os dizeres: Denílson vive. Queremos paz.

Leia essa matéria completa na edição impressa de sexta-feira (01) ou  na versão eletrônica exclusiva para assinantes do site Hora H…

Deixe um Comentário