Vítima de boato tem medo de sair de casa

vitima-de-boato-nas-redes-sociais
vitima-de-boato-nas-redes-sociais

Carlos vítima de calúnia na internet Foto: Fabio Guimarães

Há duas semanas, o serralheiro Carlos Luiz Batista, de 39 anos, tem medo de sair de casa. Ele passou a receber ameaças depois que uma foto sua viralizou na internet com a informação de que ele seria estuprador e sequestrador de crianças. Nas mensagens, o nome de Carlos não é citado. Ele é identificado como morador de Mesquita, na Baixada Fluminense, e dono de um carro Fox de cor preta. O serralheiro, no entanto, mora em Cosmo, na Zona Oeste do Rio, e dirige um Corsa verde.

“Estão acabando com a minha vida. Não sei quem inventou essa mentira, mas minha família toda está ameaçada por causa de uma calúnia” desespera-se Carlos.

 O homem registrou queixa na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), no último dia 22. As mensagens, no entanto, continuaram a ser compartilhadas, então Carlos decidiu publicar um vídeo na internet para implorar que não repassem o boato.
O caso está sendo investigado pela DRCI. De acordo com a delegada Fernanda Fernandes, a Polícia Civil encaminhou ao Ministério Público um pedido de quebra de sigilo de IP — um protocolo interno do computador — para obter os dados de um perfil do Facebook que pode ter dado origem à calúnia.

Deixe um Comentário