Homem é suspeito de quebrar perna do filho de 11 meses com um pisão

Bebê ferido

Claudinei Lourenço Costa da Silva foi preso por torturar o filho que teve o fêmur fraturado. O golpe teria sido dado após uma discussão entre ele e a companheira, mãe da criança

Um caso revoltante aconteceu na Baixada nesta semana. Um homem suspeito de torturar o próprio filho, um bebê de 11 meses de idade, foi preso por agentes da 58ª DP (Posse) na última quarta-feira, eem Nova Iguaçu. Segundo consta no relato das investigações, no último sábado, Claudinei Lourenço Costa da Silva deu um pisão no filho. O impacto foi tão forte que fraturou o fêmur da criança. O golpe foi dado após uma discussão entre Claudinei e a companheira dele.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito tentou esconder a fratura causada no bebê, trocando a roupa da criança e colocando uma calça comprida. Isso teria agravado as lesões e retardado o atendimento médico da vítima. A distrital segue investigando para apurar se houve outras agressões contra a criança.

Bebê foi atendido na UPA
Como o estado de saúde da criança se agravou, ela deu entrada na última segunda-feira na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Austin. A vítima foi atendida e após fazer exame de raio-x os médicos descobriram que ele estava com uma fratura no fêmur.

O bebê imediatamente foi encaminhado ao Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) onde está internado com estado de saúde estável após passar por cirurgia na passará por uma cirurgia na última terça-feira.

O HGNI infomou que o bebê estava com sinais de agressão na perna e um pequeno corte no lábio. Na unidade ele foi avaliado por pediatras e ortopedistas. A equipe do Serviço Social e o Conselho Tutelar do município estão acompanhando o caso. Este foi o sexto caso de agressão à menores atendido pelo HGNI este ano.

Agentes da 58ª DP estiveram no hospital e conduziram a mãe da criança a delegacia para esclarecer os motivos da internação e saber quem foi o agressor.

Antonio Carlos

Fonte: Internet

Deixe um Comentário