Homem é preso na Baixada por suspeita de abusar da própria filha

Policiais civis da delegacia de Mesquita, a 53ª DP, na Baixada Fluminense, prenderam um homem suspeito de abusar sexualmente a própria filha. Contra ele, identificado como Rogério Clementino de Oliveira, foi cumprido um mandado de prisão preventiva pelo crime de estupro de vulnerável, nesta quarta-feira.

De acordo com os agentes, o suspeito teve duas filhas gêmeas em um relacionamento, mas o contato próprio com as meninas só começou a acontecer depois que elas completaram nove anos. Uma das crianças, conforme informou a Polícia Civil, sofreu abusos diversas vezes, em ator praticados no mar, na ocasião em que estavam em uma casa de praia. Além disso, o crime teria ocorrido em outros momentos em que a vítima ficava sozinha com o pai.

Ainda segundo a Polícia Civil, a outra filha de Rogério não teria sofrido abusos, porque se esquivava das investidas do pai. A vítima foi encaminhada para o IML e o laudo de conjunção carnal indicou que a menina já não era mais virgem. Com a prova pericial e também o depoimento de testemunhas o mandado de prisão preventiva foi expedido pela Justiça.

Deixe um Comentário