Falso médico pedia dinheiro a pacientes no RJ

404

404

A Polícia Civil de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, investiga o caso de um estelionatário que se passava por médico para pedir dinheiro a parentes de pacientes internados em um hospital público. Segundo a polícia, o golpe era aplicado por telefone. De acordo com Alexandre Ziehe, delegado titular da 105ª Delegacia de Polícia, em média três ocorrências de estelionato são registradas por semana.

O suposto especialista dizia que o dinheiro era para comprar medicamentos ou bancar custos de procedimentos cirúrgicos. Ele usava o nome do Hospital Nelson de Sá Earp. A Secretaria de Saúde informou por meio de nota que nenhuma unidade de saúde do SUS cobra pelos atendimentos ou pela compra de insumos. Uma sindicância será aberta para verificar se houve vazamento de informações.

Deixe um Comentário