Falsa médica atendia em clínica na Baixada

clinica-falsa

clinica-falsa

As cinco vítimas da falsa médica Gabriele de Souza Matos, de 33 anos, que atuava como pediatra e ginecologista num consultório no centro empresarial do BarraShopping, na Zona Oeste, sem ter registro profissional, procuraram a Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (Deam) de São João de Meriti.

Elas reconheceram a mulher após as reportagens e prestaram depoimento. Após apurar o caso, os agentes da especializada foram nesta quarta-feira até uma clínica no bairro Éden, na Baixada Fluminense, onde a acusada também atendia como obstetra e ginecologista.

No local, foram recolhidos diplomas falsos apresentado por ela para exercer a função, além de receituários com assinaturas da mesma. Gabriele, que está detida em Bangu 8, no Complexo de Gericinó e vai responder por mais dois crimes: exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica, já que o número da carteira do Conselho Regional de Medicina pertencia a outro médico.

Deixe um Comentário