Ex-primeira dama da Rocinha pede transferência e quer trabalhar para reduzir pena

danubia
Foto: Reprodução

Presa há três meses na Penitenciária Nelson Hungria, no Complexo de Gericinó, a mulher de Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, Danúbia de Souza Rangel, pediu à Justiça transferência para outra unidade prisional, a Penitenciária Talavera Bruce, também em Bangu, alegando querer trabalhar para reduzir a pena de 28 anos de prisão.

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), afirma que Danúbia já está na fila para conseguir trabalhar no cárcere na Nelson Hungria, onde está atualmente e, como é grande a quantidade de presas que querem exercer algum ofício atrás das grades, é preciso esperar por uma vaga.

LEIA ESSA MATÉRIA COMPLETA NA EDIÇÃO DE QUARTA-FEIRA (10) OU NA VERSÃO ONLINE EXCLUSIVA PARA ASSINANTES.

Deixe um Comentário