Ex-prefeito de São Gonçalo roda por fraude

Ex-11
Foto: Divulgação

Por volta das 8h, promotores do Ministério Público estavam na casa do ex-prefeito em um condomínio em Maricá.

O ex-prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim, suspeito de fraude de R$ 40 milhões na iluminação pública do município, foi preso na manhã de ontem durante uma operação que também teve outros políticos e empresários como alvos. Ao todo, 10 pessoas foram presas. Por volta das 8h, promotores do Ministério Público estavam na casa do ex-prefeito em um condomínio em Maricá.
O grupo é suspeito de irregularidades na contratação da empresa de iluminação pública, através da facilitação da licitação para fins políticos. Os mandados foram concedidos pela juíza Myriam Therezinha Simen Rangel Cury, da 5ª Vara Criminal de São Gonçalo.

 

Leia essa matéria completa na edição impressa de sexta-feira (11) ou  na versão eletrônica exclusiva para assinantes do site Hora H…

Deixe um Comentário