Ex-PMs serão julgados nesta quinta-feira por morte de menor no Sumaré

2014-740135825-foto2_20140807

Acusados de executarem o menino Matheus Alves dos Santos, de 14 anos, no Morro do Sumaré, Zona Norte carioca, em 2014, os ex-policiais militares Fábio Magalhães e Vinícius Lima serão julgados nesta quinta-feira, no 3º Tribunal do Júri do Rio.

Os PMs faziam buscas no Centro do Rio por menores que estavam cometendo furtos na região. De acordo com as investigações, Matheus e outros dois jovens foram pegos pelos policiais e levados para o alto do Morro do Sumaré. Um deles foi liberado no caminho. Já Matheus e o terceiro menor foram baleados pelos policiais. O garoto levou um tiro na cabeça e morreu na hora. Já o outro só sobreviveu porque se fingiu de morto. Foi ele quem contou para a família de Matheus que o garoto havia sido morto por policiais e indicou onde o corpo estava.

O ex-PMs respondem por homicídio, tentativa de homicídio e ocultação de cadáver. Em julho do ano passado, os dois já haviam sido expulsos da corporação e condenados pela Justiça Militar a pena de oito anos, um mês e dez dias de detenção pelos crimes de sequestro qualificado e ameaça, com agravante de abuso de poder ou violação de dever inerente ao cargo.

Deixe um Comentário