Escolas do Rio fazem paralisação contra Reforma da Previdência

INFOCHPDPICT000065756102

Profissionais de educação das redes municipais, estaduais e particulares participam da paralisação de 24 horas por melhores condições de trabalho e contra a reforma da Previdência. Professores e funcionários de pelo menos 60 escolas privadas participarão do protesto e não vão trabalhar nesta quarta-feira (15).

O Governo Federal mandou para o Congresso Nacional um pedido para mudar para 65 anos a idade mínima para os professores aposentarem. Isso acabaria com a atual aposentadoria especial. Atualmente, as professoras podem pedir aposentadoria com 25 anos de contribuição e 50 anos de idade e os professores com 30 anos de contribuição e 55 anos de idade.

Deixe um Comentário