Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense DHBF cumpre preventivas contra homicidas

Prisão-02

Cosme de Souza e Rodrigo Neves (acima) respondem por assassinatos em Nova iguaçu e Mesquita

Agentes da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) cumpriram ontem dois mandados de prisão preventiva contra acusados de assassinato. Sob a coordenação do delegado Moyses Santana, titular da especializada, Cosme Carlos de Souza Almeida foi capturado em casa, em Nova Iguaçu, e responderá por homicídio qualificado contra a vítima identificada como Leonardo dos Santos Santiago.
O crime ocorreu no dia 17 de agosto na Rua das Rosas, no Jardim Corumbá. Após intensa investigação, os agentes coletaram provas que qualificaram a culpabilidade do acusado, permitindo ao delegado Santana representar pelo pedido de prisão preventiva, que foi expedido pela 4ª Vara Criminal do município.

Preso por ataque e morte em bar
Outro acusado capturado pelos agentes da especializada é Rodrigo Alves Neves. Contra ele havia um mandado de prisão rpeventiva pelos crimes de homicídio contra Rafael Rodrigues Azeredo e sua mãe, Raquel Rodrigues Azeredo. Segundo a DHBF, no dia 5 de janeiro de 2017 o acusado e outros quatro amigos, que estavam em um veículo Crossfox, chegaram na Rua Romildo de Bastos, no bairro Coreia, em Mesquita, e atiraram nas vítimas que conversavam em um bar.
Do bando envolvido no crime, três, incluindo Rodrigo, já estão atrás das grades.
Os dois autores foram encaminhados á Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e ficarão a disposição da Justiça.

Reportagem: Antonio Carlos

Deixe um Comentário