Diretório de Rosangela Gomes tem contas reprovadas pelo TRE

final

final

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, através do Juízo da 27ª Zona Eleitoral de Nova Iguaçu, nos autos do processo nº 04-94.2015.6.19.0027, proferiu sentença condenatória desaprovando as contas do diretório municipal do Partido Republicano Brasileiro de Nova Iguaçu, cuja liderança é exercida pela deputada federal Rosangela Gomes. A sentença foi publicada no Diário Oficial hoje (24).

A deputada que já vinha sendo fortemente criticada pelos iguaçuanos por enviar recursos de emendas parlamentares para outras cidades, desprestigiando a cidade que a elegeu vereadora, deputada estadual e deputada federal, se envolve em nova polêmica às vésperas de uma eleição em que pretende concorrer como candidata a prefeita.

A decisão do Tribunal atrapalha o discurso moralista da deputada usado em sua pré-candidatura. Mais uma dificuldade além do fato de ter pertencido à base parlamentar do então prefeito Lindbergh Farias, quando este deixou um rombo de 1,2 bilhão de reais nos caixas da Prefeitura.

Via: Baixada Viva Notícias

2 Comments

  1. Maria de Lourdes em junho 25, 2016 às 8:12 pm

    Esta camarada tem levar uma cadeia falsa advogada da universal grossa sem educação não gosta de pobre não te dá nem atenção,agora eu pergunto o que esta vagabunda já fez por nossa querida nova Iguaçu! nada só roubo desvios de verbas juntamente com prefeitinho e todos políticos de nova Iguaçu quero ver se o STJ vai cumprir o que colocaram neste diário oficial mentiroso

  2. Maria de Lourdes em junho 25, 2016 às 8:14 pm

    queremos uma política democrática com pessoas honestas.

Deixe um Comentário