Corpo de coronel é enterrado

Enterrado-02

Enterrado-02

O corpo do coronel Ivanir Linhares Fernandes Filho, de 49 anos, morto em um ataque a tiros em Maricá, na Região Metropolitana do Rio, foi enterrado na tarde de ontem em São Gonçalo. A cerimônia teve honras militares e da Maçonaria.

O caixão foi guiado por um capelão e pelo comandante do 4º Comando de Policiamento de Área, coronel Danilo. Ivanir era subcomandante do órgão, que coordena os batalhões de Niterói até a Região dos Lagos. O seu motorista, o sargento Luiz Cláudio Carvalho da Silva, de 44 anos, continua internado depois de ferido no tiroteio.

Segundo a PM, Linhares participaria, hoje, do julgamento de agentes acusados de desviar pelo menos R$ 16 milhões do fundo de saúde da Polícia Militar. O fato levantou a possibilidade de uma execução, mas o sargento diz que tudo começou com uma tentativa de assalto.

O secretário estadual de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, compareceu ao funeral. Ele frisou que pedirá ao governo federal que mantenha as tropas no estado do Rio. “Vou a Brasília para que a integração das forças na segurança do Rio permaneça. No momento o importante não é discutir de quem é a competência, mas garantir a segurança”, disse.

Deixe um Comentário