Consumidor reduz compras do dia a dia, muda de marca e estoca itens em oferta

infochpdpict000063423613

A redução do consumo experimentada pelos brasileiros, e que ajudou a reduzir a inflação nos últimos meses, revelou uma mudança fundamental no comportamento do consumidor: a compra orientada pelo preço. De acordo com economistas, na tentativa de diminuir os gastos mensais, especialmente no supermercado, a estratégia é substituir marcas tradicionais por próprias ou as concorrentes mais baratas, e estocar itens vendidos em promoções.

Para o professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Roberto Kanter, não há mais fidelidade a grandes marcas.

Se o atributo “preço, promoção ou desconto” é a nova menina dos olhos do consumidores, as grandes redes investem em descontos generosos para fisgar mais clientes. De um lado descontos de 30% a 40%, e de outro estendendo o tempo das campanhas promocionais. Os resultados são sentidos no movimento de 700 mil pessoas, em dois dias, no Guanabara, durante a Semana da Limpeza. O movimento é até 20% maior do que o esperado. No SuperPrix, o argumento da promoção é o aniversário da rede que oferece descontos de até 40%.

— O cliente está mais sensível à oferta. Percebemos que produtos em promoção chegam a ter 25% de participação nas vendas, antes o percentual era de 15% — disse Patricia Rotelli, gerente comercial do SuperPrix.

Deixe um Comentário