Comediante ‘Bunitinho’ é morto em ação do Bope na Zona Norte do Rio

Bunitinho-03

 

Carro onde Bunitinho estava, em um dos acessos ao Dendê. Ele era conhecido entre os torcedores do Flamengo e famoso por protagonizar memes/Gabriel Barreira/G1/Reprodução/ Redes social

Fenômeno na internet e outras três essoas morreram após tiroteio entre policiais e traficantes no Morro do Dendê, na Ilha do Governador. PM disse que foi atacada

Conhecido como Bunitinho, o comediante Diego Buiu é um dos quatro mortos na operação realizada na manhã de ontem pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Militar, no Morro do Dendê, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio. Além dele, foram mortos Josselino de Oliveira Junior, Jorge Tadeu Sampaio (empresários do Youtuber) e Sidney Antunes Figueiredo. Os três estavam em um carro que foi alvejado. Já Sidney estava em uma motocicleta quando foi atingido. As vítimas chegaram a ser levadas para o Hospital Evandro Freire, na Ilha, mas não resistiram aos ferimentos.

Encontro de bandidagem
De acordo com a Polícia Militar, o serviço reservado da corporação (P2) foi alertado sobre uma reunião de líderes de organizações criminosas de várias comunidades. Os agentes do Bope foram checar a denúncia e foram recebidos a tiros, dando início ao confronto. Após o tiroteio, o veículo alvejado e o motociclista foram encontrados. Um policial ficou ferido e foi encaminhado para Hospital Central da Polícia Militar. O estado de saúde dele não foi informado.
Abalados, familiares das vítimas não quiseram falar sobre o ocorrido, mas cobram explicações a PM sobre o que de fato aconteceu.
Segundo a Polícia Civil, já estão sendo realizadas diligências para localizar testemunhas e câmeras de segurança que possam auxiliar nas investigações. Bunitinho é famoso nas redes sociais e, só no Instagram, acumula 454 mil seguidores. Seu canal do Youtube tem mais de 100 mil inscritos.

Witzel determinou apuração rigorosa
Pelas redes sociais, o governador Wilson Witzel disse que pediu investigação sobre o caso. “Bandidos dispararam seus fuzis contra a polícia no Morro do Dendê, uma comunidade ainda tomada por narcoterroristas. Até agora não temos todos os detalhes da operação. Determinei apuração rigorosa pela Delegacia de Homicídios sobre as quatro mortes”, escreveu.

 

Fonte: Agência Brasil

Deixe um Comentário